O QUADRO – Na fé e no flow

DSC_9727 copia

A Praça Tereza Batista, no Pelourinho, em Salvador, foi palco no dia 17 de outubro de mais uma celebração para o rap baiano. Diretamente da cidade de Ilhéus, a banda O Quadro convidou o MC Daganja, Buguinha Dub (Recife-PE) e o grupo Versu2, que fez as boas vindas ao público naquela noite.

Como vem sendo de costume em suas apresentações, a Versu2 recebia o público que ia ocupando as aomodações da praça com sua energia ímpar.

Como de costume em suas apresentações, a Versu2 emanava do palco sua energia ímpar para o público que gradualmente ia chegando às acomodações da praça.

Como poucos, a Versu2 consegue unir rap bem feito, interação com o público e um contagiante clima de interação e descontração entre os integrantes do grupo.

Como poucos, a Versu2 consegue unir rap bem feito, interação com o público e um contagiante clima de interação e descontração entre os integrantes do grupo.

Ainda houve espaço para a participação dos MC's do grupo Otra Vidda, que dividiram o mic com Blequimobiu, antes da Versu2 encerrar sua apresentação com o hit Pra fazer o que gosta, dono de uma base irresistível.

Ainda houve espaço para a participação dos MC's do grupo Otra Vidda, que dividiram o mic com Blequimobiu, antes da Versu2 encerrar sua apresentação com o hit Pra fazer o que gosta, dono de uma base irresistível.

E então os olharese ouvidos se voltam para o outro lado da Tereza Batista, onde Buguinha Dub já largava suas pedradas sonoras e saudações positivas aos presentes. "Jahmarraparai!"

E então os olhares e ouvidos se voltam para o outro lado da Tereza Batista, onde Buguinha Dub já largava suas pedradas sonoras e saudações positivas aos presentes. "Jahmarraparai!"

De volta ao palco, onde o MC Daganja e seu bonde (dessa vez ainda maior, com banda e até uma low bike), já estavam presentes.

De volta ao palco, o MC Daganja e seu bonde (dessa vez ainda maior, com banda e até a presença de uma low bike) já estavam presentes.

E foi aos sons da bela e emocionante, Vida, que Daganja deu início ao seu grande show.

E foi aos sons da bela e emocionante, Vida, que Daganja deu início ao seu grande show, seguindo com músicas presentes no seu disco, Entre Versos e Prosas.

Algumas destas, com uma sonoridade um pouco diferente, devido à presença dos instrumentos da banda que acompanhava o MC.

Algumas destas, com uma sonoridade um pouco diferente, devido à presença dos instrumentistas que acompanhavam o MC.

Como sempre, acompanhado pela dupla Vitrola 71 nas pickups, Daganja abriu espaço para os DJs mostrarem um pouco do muito que sabem nos toca-discos e ainda mandou um som na levada de funk carioca...

Como sempre, acompanhado pela dupla Vitrola 71 nas pickups, Daganja abriu espaço para os DJs mostrarem um pouco do muito que sabem nos toca-discos e ainda mandou um som na levada de funk carioca.

Entre as participações, os MC's Finado e Dimak (foto), que vem se revelando um dos bons nomes do rap soteropolitano.

Entre as participações, os MC's Fall, Finado e Dimak (foto), que vem se revelando um dos bons nomes do rap soteropolitano.

Novamente Buguinha Dub volta ao comando. Dessa vez, contou também com a ajuda de MC's do Ministereo Público que ajudaram a manter o público aquecido para o show seguinte.

Novamente Buguinha Dub volta ao comando. Dessa vez, contou também com a ajuda de MC's do Ministereo Público, que ajudaram a manter o público aquecido para o show seguinte.

Diretamente de Ilhéus, O Qaudro volta à capital baiana em grande estilo.

De Ilhéus, a banda O Quadro volta à capital baiana em grande estilo.

DSC_9985 copia

O talento permeia os microfones e instrumentos da banda que, indo além do rap, é um dos grandes nomes da nova música brasileira.

Instrumental rico, que passeia por elementos do funk, rock e soul...

Instrumental rico, que passeia por elementos do funk, rock e soul...

...fazendo a base para as rimas engajadas e inteligentes dos MC's Jeff, Hanz e Freeza.

...fazem a base para as rimas engajadas e inteligentes dos MC's Jeff, Hanz e Freeza.

Ficamos na torcida de que a banda lance logo um disco com as músicas que apresentaram ao vivo.

Ficamos na torcida de que a banda lance logo um disco com as músicas que apresentaram ao vivo.

Material de qualidade O Quadro já tem, esse show foi mais uma prova disso.

Material de qualidade para isso O Quadro já tem e esse show foi mais uma prova.

Anúncios

~ por Fernando Gomes em Outubro 21, 2009.

3 Respostas to “O QUADRO – Na fé e no flow”

  1. Espancou demais nas fotos e nos comentários sempre fodas!!!!

  2. Sem dúvidas,O quadro é uma banda que vai além da nossa fatigante e osciosa ótica músical,meio á essa enxurrada propagatória americanizada do rap atual brasileiro.Enfim,encontrei algo com á nossa cara e que prova que podemos cantar rap,hip hop e outras váriações mesclando nossa cultura Afro-descendente.acendendo uma nova chama musical e mudando um pouco essa paisagem emoaxértanejo que só nos faz dançar á “canção dos controlados”…em rítimo descontraído e deturpado….

  3. todo respeito a eles
    aqui de alagoinhas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: